Verbo de ligação:

E todo verbo que tem por função única LIGAR o sujeito a seu estado, característica ou modo de ser ( predicativo do sujeito ) e/ou LIGAR o objeto a seu estado ou característica.( predicativo do objeto *)

* Quando se trata de predicativo do objeto é necessário um pouco mais de atenção na análise, uma vez que a estrutura da oração não mostra claramente o verbo de ligação.


Ex.: A vitória tornou famoso ( Pred Ob ) o piloto ( OD )

A vitória fez o piloto ( OD ) ficar ( VL ) famoso ( Pred OB )


Sujeito + verbo de ligação + predicativo ( característica, estado ou modo de ser )

Nota 1: Sempre quando ocorre verbo de ligação ocorre predicativo

As crianças estavam felizes ( felizes à estado em que as crianças estavam ).

Meu amigo É triste ==> característica

Meu amigo ANDOU triste ==> estado

Meu amigo FICOU triste ==> estado

Meu amigo PERMANECE triste ==> estado

Meu amigo PARECE triste ==> modo de ser

Nota 2: em certas construções, o verbo pode vir subentendido na oração: Todos saíram da reunião e estavam preocupados



Verbo significativo:

Todo verbo que expressa uma ação, um acontecimento, etc. Isto é, verbos que tem significado próprio, que tem sentido característico.


Nota 3: Alguns verbos, que funcionam como verbos de ligação, podem também ser significativos. Assim, atente para o predicativo do sujeito. Se o verbo apenas LIGAR o sujeito a seu estado, característica ou modo de ser ele será de ligação, caso contrário não.


A torcida permanecia otimista (otimista é o estado em que a torcida estava) ( verbo de ligação )


A torcida permanecia no estádio (estádio NÃO é característica de torcida, não é estado ou modo de ser)(verbo significativo )


O verbo significativo pode ter seu sentido completo(intransitivo) ou não (transitivo).


Veja:


O menino chorou. ( a ação de chorar existe por si própria ). Se você terminar a oração aí ela tem sentido.

O menino agrediu ( a ação de agredir pede um complemento). Quem foi agredido?


Verbo Intransitivo:

Quando a sua ação não TRANSITA para um complemento, ou seja, quando o seu significado independe de outro elemento, quando transmite uma informação completa.



Verbo Transitivo:

Quando a sua ação TRANSITA para um complemento, ou seja, quando o seu significado depende de outro elemento, quando não transmitem informações completas.


Nota 4: A classificação de alguns verbos como transitivo e intransitivo depende da oração ou do contexto em que aparecem, isto é, quando o contexto tiver um COMPLEMENTO ele deverá ser respeitado.


Ele lê mal à MAL indica apenas o MODO como lê (não é objeto). Nesse caso - Verbo intransitivo


Ele lê jornais à Jornais é o alvo, isto é, o sujeito pratica uma ação que pede um complemento (Lê o quê ?). Verbo transitivo.



Verbo Transitivo Direto:

Pede complemento sem preposição (há algumas exceções que serão vistas adiante)


Ele imaginava aventuras heróicas ( Ele imaginava O QUÊ? ) não há preposição pedida pelo verbo.


Ele estudava a nossa proposta ( estudava O QUÊ ? )( o próprio verbo não pede preposição )



Verbo Transitivo Indireto:

Pede complemento regido por preposição.


Eu não iria desistir da viagem ( não iria desistir DO QUÊ ?Preposição DE + artigo O )

Ela gosta de sorvete ( Gosta DE QUÊ ? )



Verbo Transitivo Direto e Indireto:

Constrói-se com complementos COM e SEM preposição. A escolaofereceu vaga aos alunos ( a escola ofereceu O QUÊ? vaga, A QUEM? Aos alunos) Nota 5 a ação de alguns verbos, quanto a transitividade, pode variar de uma oração para outra.

Ele lê jornais. Ele lê O QUÊ? Jornais. O verbo não pede preposição.( Verbo Transitivo Direto ).

Ele lê jornais para seu chefe à Ele lê O QUÊ? Jornais PARA QUEM? Para o chefe (Verbo Transitivo Direto e Indireto )

Nenhuma postagem.
Nenhuma postagem.